Conheça startups voltadas para impacto social e ambiental

Ir para o conteúdo
Parcerias

Conheça startups voltadas para impacto social e ambiental

SINICON
Publicado por Estadão em GESTÃO · 1 Setembro 2022
A sigla ESG nunca foi tão falada como nos últimos tempos. Com os mercados cobrando cada vez mais ações de impacto social e ambiental das empresas, novas soluções propostas por startups vem surgindo nessa direção. São as chamadas ESGTechs.

Veja o exemplo da Blend Edu, que acaba de criar a plataforma Diversidade SA, que segundo a empresa é a primeira comunidade empresarial de D&I da América Latina em formato digital. O objetivo é reunir em um único espaço várias empresas comprometidas e engajadas com a diversidade, ajudando-as a criar um ambiente mais inclusivo, além de promover o benchmarking e atualização de informações entre as organizações participantes. A plataforma atualmente é composta por uma comunidade com mais de 30 empresas, entre elas Cielo, OLX Brasil, Telecine, DASA, Reserva, Porto Seguro, Gupy e Transpetro.

De acordo com Thalita Gelenske, fundadora da Blend Edu, a ideia é que as ações expostas na plataforma não se limitem apenas à teoria, mas que também sejam apresentados os resultados e as soluções na prática. “A discriminação é uma questão estrutural e que demanda uma atuação de todos os atores da sociedade, inclusive as empresas, sejam elas públicas e/ou privadas. A nossa missão com a Diversidade SA é democratizar o acesso às melhores metodologias, ferramentas e especialistas do tema por meio da tecnologia, tornando o conhecimento mais acessível para companhias de diferentes portes e regiões do Brasil”, esclarece.

Outro exemplo de ESGTech é a Meu Pé de Árvore, startup de Rondônia, que planta árvores na Amazônia para diversos clientes. A startup acabou de fechar um acordo com a cia área KLM para plantar mais de 6 mil árvores na região por meio da campanha “Km Solidário” que incentiva o ciclismo. Por ela (e com patrocínio da KLM), uma árvore é plantada a cada 25 km pedalados por clientes da empresa, sincronizados através de um aplicativo.

“Nossa intenção é ingressar no mercado de crédito de carbono no futuro”, me contou um dos investidores da empresa, Mori Alexandre. A Meu Pé de Árvore faz parte do Tambaqui Valley, comunidade de startups de Rondônia que ganhou prêmio como revelação em 2021 pelo Startup Awards da Abstartups – e possui várias startups relacionadas ao tema ambiental.



Rua DEBRET, nº 23, 12º andar, Salas 1201 a 1207
Bairro Centro - Rio de Janeiro/RJ
CEP: 20.030-080
Telefone: (21) 2210-1322
e-mail: sinicon@sinicon.org.br

SCS - Edifício Ceará - Quadra 1, bloco E, nº 30 - Salas 801 ,802, 813 e 814
Plano Piloto - Brasília - DF
CEP 70303-900
Telefone.: (61) 3223 3161
e-mail: brasilia@sinicon.org.br
SIGA-NOS:
Voltar para o conteúdo